PT EN ES
Área Reservada
menu
18 Junho 2020

Ferramentas disponíveis para o auxílio das empresas

Em tempos de crise, onde todos os padrões a que estamos habituados são alterados, é fulcral reunir os líderes dos diversos departamentos da nossa empresa, solicitando todos os dados disponíveis de forma a poder encontrar soluções ou alternativas viáveis. Ao relacioná-los poderá, também, ser possível desenvolver novas oportunidades de negócio, adequadas a estes períodos, permitindo à organização ultrapassar estes momentos com o menor número de alterações à nossa operação habitual.

Quando não se encontra alternativas ou não é possível desenvolver novas oportunidades e a organização não dispõe de uma capacidade financeira que permita cumprir todas as normas legais e contratuais com os stakeholders, é essencial recorrer a opções de forma a manter todo o ecossistema empresarial vivo e preparado para o pós crise.

Eis as opções às quais pode recorrer:
  • Moratórias de crédito, de forma a suspender o crédito contratado até 30 de setembro de 2020
  • Medidas de Lay Off que permitem o apoio no pagamento dos salários, durante períodos de redução temporária de horários de trabalho ou na suspensão dos contratos de trabalho.
  • Deferimento do pagamento de rendas
  • Deferimento de Impostos e Contribuições, com o respetivo pagamento no segundo semestre do ano em curso
  • Sistemas de incentivos às empresas, tais como alteração das regras gerais de aplicação dos fundos europeus estruturais e de investimento, por forma a permitir a antecipação dos pedidos de pagamento
  • Diferimento/suspensão de prazos judiciais e administrativos, que permite diminuir os custos judiciais durante este período.
  • Linhas de créditos de auxílio a operação das empresas
close
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo:

CICAP – Tribunal Arbitral de Consumo
Rua Damião de Góis, 31, Loja 6, 4050-225, Porto
+351 22 550 83 49 / +351 22 502 97 91
cicap@cicap.pt

Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt