Blog » Outros
Cinco sugestões para tomar decisões com riscos ponderados

A inovação não é apenas para as start ups! Negócios estabelecidos, com longas histórias de sucesso, devem também possuir uma estratégia para implementar inovação e considerar quais os riscos ponderados a tomar para o sucesso futuro.

 

Para a frente é que é o caminho!

A transformação tem que ser financeira e digital para que o seu negócio se continue a desenvolver. Deve ter em atenção que as preferências dos consumidores também mudam com as gerações e aos millenials, agrada uma comunicação com marcas que seja always on, ou seja, uma experiência de retalho de omnichannel.

  1. Não esperem para fazer mudanças no vosso negócio

Cada vez mais existe tempestividade na informação, o mesmo acontece à inovação, o que hoje é inovador, amanhã bem que não o poderá ser. Portanto, a tomada de decisões deve também ser rápida e assertiva, de forma a conseguir acompanhar todo o desenvolvimento que acontece em todas as áreas e setores. Ressalva-se que, estas mudanças devem ser comunicadas aos colaboradores e integrá-los nesse processo é a chave.

  1. Considerem novas tecnologias como blockchain

A blockchain veio introduzir visibilidade em tempo real. Em vez de uma cadeia de fornecimento sem taxonomias de dados, podem criar uma cadeia mais produtiva ao seguir a viagem de produtos ao longo do percurso da auditoria, com mais segurança.

Considerem que a segurança provavelmente poderá proporcionar novos modelos de negócios, de serviços e produtos, uma vez que, se elimina o fator da falta de segurança na transação de dados.

  1. Analisem como as finanças podem implementar a inovação

“A tecnologia tem a capacidade de melhorar os nossos modelos de operação e como gerimos o nosso negócio e ainda nos permite apresentar poupanças consideráveis. Mas também o potencial para causar disrupção em tudo aquilo que fazemos. Isto força-nos a questionar o nosso propósito, porque existimos e o que fazemos.”

À medida que a análise de IA (inteligência artificial) melhora, precisa de analisar o seu lugar no mundo de trabalho, aliás diversos autores sugerem que o seu papel é ter criatividade e visão.

  1. Introduzir conhecimento e pensamento fresco

Em tempos passados, os diretores financeiros deviam trazer equilíbrio a debates sobre investimento, com o foco em retornos e na robustez da folha de balanços. Hoje em dia, os CFO devem estar prontos para dirigir os seus negócios no sentido da inovação ao adotar o modelo certo de alocação de recursos.

Portanto, passa por conceber as estruturas certas para desenvolver um pensamento mais livre, sem perder os objetivos do negócio de vista. Para isso, deve integrar nas suas equipas especialistas diversos e com perspetivas novas e sem restrições. Misture capacidades e contextos variados, compreensões diferentes de mercados, produtos e tecnologias.

  1. Mudem a forma de usar os dados

As finanças sempre souberam dar o melhor uso possível à verdadeira mina que são os dados de cada negócio. O que se propõe é uma expansão da definição de dados e de até onde o seu negócio os pode levar. Não falamos apenas de métricas operacionais, pense também em dados qualitativos, além dos quantitativos!

Faz parte do papel de um CFO compreender o valor inerente a cada recurso e procurar sempre formas novas de aplicá-lo. Potencie e permita este tipo de sinergia entre tecnologia e finanças e tem em mãos um futuro mais inovador para o seu negócio!

Voltar atrás