Blog » Outros
Qual o tipo de firma que melhor se adapta ao seu negócio?

Antes do início da empresa é preciso fazer a seguinte pergunta e reflexão: qual o tipo de firma mais indicado para suportar a estrutura do seu negócio?

Empresas constituídas individualmente

Empresários em nome individual: são formadas por apenas uma pessoa, e os bens pessoais estão afetos à atividade económica e empresarial. A responsabilidade deste sócio é ilimitada.

Vantagens

Desvantagens

Controlo total do proprietário;

Redução de custos fiscais;

Facilidade em implementar ou dissolver o negócio;

Dispensa de capital social mínimo;

Risco associado à fusão de patrimónios;

Maior dificuldade na obtenção de crédito;

 

Sociedade Unipessoal por Quotas: carateriza-se por um sócio com responsabilidade limitada ao valor da quota subscrita. É indispensável que a empresa tenha no nome “Sociedade Unipessoal” ou apenas “Unipessoal” antes da palavra limitada (ou a sua abreviação Lda.).

Vantagens

                        Desvantagens

Controlo total do proprietário;

Património pessoal permanece separado da empresa;

Capital social mínimo;

 

 

Empresas constituídas por mais do que uma pessoa

Sociedade por quotas: necessita no mínimo de dois sócios e o nome da empresa deverá acabar com a palavra “Limitada”. O montante   do   capital social é livremente fixado no contrato de sociedade, correspondendo à soma das quotas subscritas pelos sócios. A responsabilidade dos sócios é limitada ao capital social.

Vantagens

                        Desvantagens

Responsabilidade dos sócios é limitada ao capital social;

Maior facilidade na obtenção de fundos e investimentos;

Capital social mínimo de 1 euro;

Ausência de controlo totalitário por apenas um empresário;

Possibilidade de um sócio ser chamado a responder pela totalidade do capital;

Maior complexidade na constituição e dissolução da empresa.

 

Sociedade Anónima: é constituída com um mínimo de 5 sócios e um capital mínimo de 50.000 euros. As suas ações têm um valor nominal mínimo de 1 euro, sendo a responsabilidade dos sócios proporcional (e limitada) ao valor das ações subscritas. Na sua denominação oficial, deve constar a expressão Sociedade Anónima ou SA.

Vantagens

                       Desvantagens

Responsabilidade dos sócios é limitada às ações;

Maior facilidade na obtenção de fundos e investimentos;

Diluição do controlo da empresa;

Fiscalizações mais rigorosas;

Dissolução complexa e dispendiosa;

 

De notar que além destas modalidades referidas existe ainda a sociedade em nome coletivo e a sociedade em comandita, porém, estas não são usualmente utilizadas.

Voltar atrás